“Guest posts”: cooperar é ganhar!

Em uma tradução literal, um “guest post” é um “artigo convidado”. Trata-se de um artigo que – como este que você está lendo – foi escrito por uma pessoa que normalmente não escreve naquele blog, e que foi convidada para isso. Publicar “guest posts” é uma prática normal, especialmente em grandes blogs. Lendo este artigo, você entenderá porque eles são importantes e como viabilizá-los de maneira correta – seja você o autor convidado ou quem receberá o artigo. 

1. Os benefícios do “guest post”

Quando bem escrito, um é um artigo benéfico para ambos: tanto para o autor que escreve o artigo quanto para quem o recebe em seu blog. Se não for assim, não há sentido em publicá-lo.

Quem escreve “guest posts” se beneficia deles de diversas formas:

–  Consegue apresentar seu trabalho para um público diferente do que visita o seu blog;

–  Conquista mais visitas para seu blog, pois normalmente o artigo possui ao menos um link apontando para o seu blog;

–  É beneficiado em termos de SEO, justamente por obter um link para seu blog;

–  Permite escrever um artigo com temática diferente da normalmente abordada em seu blog.

O blog que recebe o artigo também é beneficiado quando o autor é bem escolhido:

–  Seus leitores têm a chance de ler um artigo de um autor diferente, que pode trazer uma nova abordagem que interesse a eles;

–  Normalmente, traz novos leitores ao blog, pois quem acompanha o autor ficará curioso em ler seu artigo, mesmo que fora de seu blog.

 2. Dicas para publicar um bom “guest post”

Algumas orientações que deverá ter em conta:

Antes de escrever o artigo

–  Escolha bem o blog onde você pretende publicar o seu artigo. Selecione blogs de qualidade e que abordem assuntos que você conheça bem.

–  Visite e estude o blog escolhido para o seu “guest post”. Leia os artigos que são publicados lá, a fim de conhecer os temas abordados e o público do blog. Conhecendo-o bem, você conseguirá escrever um artigo apropriado àquele blog.

–  Entre em contato com o autor do blog, expondo sua intenção em criar uma publicação. Indique a ele o endereço do seu blog para que ele possa conhecer o seu trabalho e avaliar se sua participação será positiva.

–  Para escolher o tema, há duas abordagens possíveis. Você pode indicar ao autor temas sobre os quais você poderia escrever (por isso é importante conhecer o blog) ou então solicitar a ele sugestões de temas que seriam interessantes. É possível que o autor tenha interesse em assunto similar ao que ele leu em seu blog.

Ao escrever o artigo

–  Ao escrever o seu “guest post”, tome o máximo cuidado com sua qualidade. Seu texto deve ser impecável, ainda melhor do que os que você escreve em seu próprio blog. Tenha o máximo cuidado com a estrutura, ortografia e gramática. Um texto mal escrito, com erros que poderiam ser identificados por um corretor ortográfico automático, passa a sensação de pouco interesse.

–  Evite criar um artigo que seja apenas uma propaganda para seu próprio blog. Um artigo com pouco texto e muitos links para o seu blog não será bem visto pelo autor. É normal haver alguns links, mas eles devem ser naturais e agregar valor ao texto.

–  O “guest post” deve ser sempre um artigo original. Evite enviar textos que você já publicou em seu blog ou em outros blogs. E, uma vez aceito o artigo, não o republique em outros blogs – nem mesmo em seu próprio.

Após a publicação do artigo

–  Quando seu “guest post” for publicado, seu trabalho ainda não terminou. Faça a divulgação e promoção em seu blog, redes sociais e outros locais possíveis. Demonstre interesse: se o seu artigo for um sucesso, isso lhe abrirá as portas para outras publicações futuras.

–  Combine com o autor do blog como serão tratados os comentários recebidos no artigo. Pode ser uma boa ideia você mesmo responder aos comentários e dúvidas dos leitores.

 3. Conclusão

Como eu disse antes, o bom “guest post” é aquele que traz benefícios tanto para quem o escreve quanto para quem o recebe. Se você conseguir escrever um artigo assim, isso pode lhe abrir as portas para colaboração em blogs que serão seus parceiros, no real sentido que essa palavra expressa.

 E você, já teve experiências em escrever ou receber “guest posts” em seu blog? Compartilhe-as deixando um comentário.

  • Rafa Gatinho10 000

    vc ñ é nada cale sua boca…

  • Caio Albuquerque

    Muito bom esse artigo Adelson! Agora talvez eu vou ter a oportunidade de escrever um “guest post” para um blog que admiro!

    • Olá, Caio!

      Obrigado pelo elogio! Fico feliz que tenha gostado!

      E o guest post é mesmo uma ótima ideia! Quando bem escrito, ele é bom tanto para quem o escreve quanto para quem o publica.

      Um abraço!