5 princípios para um site de freelancer bem sucedido

Você faz parte de um grupo crescente de freelancers no atual mercado de trabalho? Se sim, o seu principal meio de comercialização de seu talento é, provavelmente, através da Internet, ou seja, através de um site. No entanto, a fim de atrair clientes, não é suficiente apenas fazer um site. Uma grande parte de seu trabalho é “vender-se” online desenvolvendo sua presença no mundo virtual. Leia como construir um site profissional garantido para tornar seu negócio de freelancer um sucesso.

Se você ainda não tem seu incrível site de freelancer, crie seu próprio site de negócio agora. Verifique se o seu site comercializa o seu negócio com sucesso à base dos seguintes 5 princípios. Se não, o negócio pode não ser tão rentável quanto poderia ser!

Os 5 princípios elementares

1. Curta biografia

Dedique uma página para uma breve descrição de si mesmo e de sua experiência de trabalho. Adicione referências de projetos anteriores, bem como depoimentos de clientes. Publique seu currículo. E o mais importante, faça sua descrição curta e envolvente, pois usuários da Internet não têm paciência de ler histórias longas e demoradas. Certifique-se de que  a gramática e a ortografia estão corretas, e decida-se sobre um tom formal ou informal à base do seu público-alvo.

2. Dados de contato

Embora possa parecer óbvio que as informações de contato sejam um elemento essencial para qualquer site de negócios, às vezes são esquecidas! Seu número de telefone, e-mail, e até mesmo endereço residencial / de trabalho são absolutamente necessárias. Adicione um formulário de feedback para que os visitantes possam escrever mensagens diretamente para você e, se você tem um local onde você se encontra com os clientes pessoalmente, adicione também um mapa.

3. Página de amostra

Ganhe a confiança num instante com a publicação online de amostras de seu trabalho. Se você é um editor freelancer, adicione links de seus artigos publicados. Se a sua área de especialização é a fotografia, a adição de uma galeria de fotos é uma obrigação. Veja como adicionar uma galeria de fotos ao seu site em nosso guia. Encurte a comunicação. Com uma página de amostra, seus potenciais clientes já têm suas principais perguntas respondidas: “O que é que você faz e como você faz isso?”

4. Mídias sociais

Crie um perfil no LinkedIn, linque seu site com este perfil do LinkedIn e expanda sua rede. Encontre indivíduos com a  mesma opinião, que têm a mesma visão que você. Leia mais sobre as possibilidades que o LinkedIn pode lhe fornecer em nosso post. Se seu negócio de freelancer tem um perfil/página no Facebook, adicione um atalho do Facebook a seu site também. É como se fosse um cartão de visita online!

5. Personalização

Personalize seu site de acordo com sua profissão. Faça um site em vários idiomas, se você é um tradutor, atraia visitantes com um design elegante, se você é um designer ou artista, ou adicione uma lista de preços se você faz e vende seus artesanatos!

Como você pode construir um site que seja exclusivo para o que você faz? Aqui está uma lista de itens que podem tornar seu site único!

  • Domínio próprio – seu próprio domínio gera confiança. Faça o registro de seu próprio domínio para  melhorar SEO de seu site e aumentar a confiança.
  • Modelo – escolha um modelo adequado a sua área de negócios. Veja nossos modelos personalizados para sua profissão.
  • Página de preços – opte por uma página de preços se os seus serviços têm um preço fixo, mas use isto com cautela, pois você pode desmotivar uma parte dos clientes em potencial
  • Otimize para motores de busca – sua área de negócios tem uma terminologia específica. Selecione palavras-chave relevantes e construa o conteúdo à base delas!

No início, como freelancer, o trabalho não vem para você instantaneamente. Você precisa investir tempo e energia na procura dele. Um site que inclui as características listadas acima pode fazer a maior parte do esforço por você. Se você gosta de ler mais dicas sobre marketing pessoal, veja nosso artigo: Procura emprego?.

Comece a poupar tempo e energia tão preciosos investindo-os primeiro em seu próprio site. Crie seu próprio site de freelancer ainda hoje!

 

Você já criou um site para seu negócio de freelancer? Nós gostaríamos de vê-lo!