SEO – Noções básicas

O que é SEO?

Se você tem um e-shop, blog, site empresarial ou site pessoal, naturalmente deseja ser encontrado online. Talvez você já tenha ouvido falar que SEO deve ajudar com isso. Mas o que, de fato, é SEO?

Para muitas pessoas, SEO continua sendo uma selva de estratégias incompreensíveis. Essa confusão é fruto de uma abundância de meias verdades e informações desatualizadas circulando online. Nesta série de artigos, gostaríamos de explicar exatamente como SEO pode ajudar seu site e mostrar as suas mais diversas aplicações. Mas primeiro, vamos dar uma olhada no significado do termo SEO e em quão exigente é em termos de tempo.

O que é SEO?

SEO (Otimização de sites para motores de busca) pode ser definido como uma estratégia de marketing ou um conjunto de métodos projetados para melhorar a visibilidade do seu site nos resultados de busca orgânica (não paga).

Onde aparecem resultados orgânicos no Google
Resultados de busca orgânica no Google

É um processo constituído por vários elementos e, ao chamar SEO de processo queremos dizer que você terá que trabalhar nele de forma contínua, porque SEO não é resultado de uma só ação. Você não alcançará uma boa posição nos resultados de busca elaborando apenas os títulos e descrições do conteúdo do seu site. Trata-se de um esforço comprometido a longo prazo, com o objetivo de melhorar a visibilidade do seu site nos mecanismos de busca, atraindo assim os visitantes relevantes em vez de internautas que abrem o site para abandoná-lo logo em seguida.

O que SEO não é?

SEO não é um processo de criação e otimização do seu site destinado apenas para mecanismos de pesquisa. Não deve, por exemplo, inserir as palavras-chave aleatoriamente no seu site só para ele ser mais relevante. SEO não pode ser ativado com um clique e você não pode pagar para que seu site esteja na primeira posição nos resultados de busca orgânica. Você pode contratar pessoas para trabalharem no SEO do seu site, mas não poderá pagar pela colocação do site nos resultados de busca orgânica.

SEO também não é uma forma de publicidade, e é difícil, se não impossível, garantir uma boa posição. Pelo menos no começo.

Existem formas de publicidade, como o PPC (pay-per-click) que influenciam o posicionamento de um site nos resultados de busca paga. No entanto, esse é um tópico totalmente diferente e não será aboradado nesta série de artigos.

Onde aparece publicidade paga no Google
Resultados de busca paga no Google

Quanto tempo SEO exige?

Como já mencionamos, SEO é um processo a longo prazo, porém, uma estratégia bem pensada facilitará muito o desempenho do seu site. Como cada área de negócios possui as suas peculariedades e essas se refletem na sua apresentação online, as estratégias SEO devem ser traçadas individualmente para cada site. Isso requer tempo, muita atenção e paciência.

Há outros fatores que você precisa levar em consideração:

  1. Google não reage imediatamente – as alterações feitas no seu site serão indexadas (registradas) no banco de dados do Google com algum atraso, e a qualidade do seu site será avaliada só posteriormente.
  2. Autoridade e credibilidade do seu site desempenham um papel importante – os sites que apresentam conteúdo de alta qualidade ao longo dos anos sempre terão uma vantagem sobre os outros. Portanto, é bom investir na construção da sua marca.
  3. As regras do jogo não são claras – os algoritmos do Google que decidem quais páginas devem ser exibidas nos resultados de pesquisa e em que ordem, não estão disponíveis ao público. Todas as técnicas SEO são baseadas em testes feitos em sites diferenciados e, portanto, são consideradas relevantes e eficazes.
  4. SEO está em constante evolução – não só porque o Google altera as regras de indexação, mas também as expectativas dos seus usuários mudam com o passar do tempo. À medida que a utilização de Internet é cada vez mais conectada com dispositivos móveis, é preciso adaptar as estratégias em vez de usar as mesmas técnicas de anos atrás.
  5. SEO é um processo contínuo – você não pode esperar que uma agência contratada para efeitos de otimização do seu site faça uma análise, seguida por pequenos ajustes, e tudo será resolvido. Uma ação única pode ter um impacto positivo a curto prazo, mas não funcionará a longo prazo. É necessário trabalhar no seu site de forma consistente e não negligenciá-lo por períodos mais longos.
  6. Estratégia de conteúdo – se você optar por iniciar uma jornada de marketing de conteúdo, é preciso dedicar bastante tempo e esforço para criar um bom plano para os próximos meses. Não se apresse, pois a pressa não trará frutos desejados.
  7. Espaço para resultados orgânicos está diminuindo – os tempos em que se podia ver apenas alguns anúncios seguidos por dez resultados orgânicos já se foram há muito tempo. O Google passou a exibir informações adicionais, como mapas, previsão meteorológica, letras de músicas, fórmulas matemáticas e muito mais. Tudo isso ocupa espaço e, por isso, muitos sites, mesmo que bem otimizados, são movidos para a segunda página dos resultados de busca.
  8. Grande concorrência – se você operar em uma área com concorrentes fortes, será mais difícil suceder. Sendo assim, o ideal é possuir sua própria USP (Proposta exclusiva de vendas) ou separar algum dinheiro que possa investir em marketing.

Assando bolo com SEO

O processo de otimização é composto por etapas específicas que devem ser seguidas em uma ordem específica. Para ilustrar melhor, imagine que está assando um bolo. Primeiro, é preciso ter uma receita, senão o seu esforço poderá ir por água abaixo. Em seguida, você deve encontrar os ingredientes certos; só então pode começar com o próprio cozimento, finalizando-o com a célebre cereja no topo do bolo. Depois é só ter a esperança que seu bolo esteja delicioso e tão irresistível que as pessoas continuem voltando para comer mais.

Receita

Com certeza, é possível fazer um bolo sem receita. Mas a não ser que você seja um padeiro, é pouco provável que o bolo fique do jeito que esperava. Com SEO é parecido – tendo um plano e acompanhando todos os passos, será bem mais fácil atingir o objetivo.

Mas até para achar a melhor receita é preciso percorrer um caminho. Defina o seu público-alvo, analisando que tipo de visitantes você atualmente tem ou espera ter no futuro. Conheça os seus concorrentes. Feito isso, poderá dedicar atenção ao próprio conteúdo do seu site para atender às necessidades do seu público-alvo. Sobre a identificação de seu público-alvo e concorrentes vamos falar no próximo artigo da nossa série!

Ingredientes

O bolo não é feito de ar. Você vai precisar de alguns ingredientes. Os mecanismos de busca avaliam os sites de acordo com critérios técnicos específicos. Carregamento rápido, HTTPS, design responsivo, estrutura clara do endereço URL, títulos e meta-descrições relevantes, bem como conteúdo exclusivo são apenas alguns dos elementos básicos que fazem parte de SEO e seu site deve abranger todos eles.

Com Webnode, você não precisa preocupar-se com a aplicação dos elementos técnicos (como HTTPS ou design responsivo). O nosso editor foi projetado para cuidar dessas funcionalidades avançadas por você.

Cozimento

Você encontrou uma boa receita, misturou todos os ingredientes e colocou o bolo no forno. Está na hora de aumentar a temperatura. Em outras palavras, se você elaborou o seu site para deixar seus visitantes felizes, começe a trabalhar na sua promoção. Você precisa informar o mundo que o seu site está online e cheio de conteúdo de alta qualidade.

Crie uma marca para atrair um público maior. Para ajudar com isso, incentive os seus visitantes a também compartilharem seu site entre amigos. Faça contatos com outros sites confiáveis para compartilharem seu conteúdo, esteja ativo nas mídias sociais ou coopere com Google. A publicidade é um fator tão decisivo que decidimos dedicar mais de um artigo a este tópico. Fique atento!

Cereja no topo do bolo

Seu bolo está pronto para ser vendido. Mas se adicionar uma cereja no topo, terá resultados ainda melhores. Na área de SEO, a cereja pode ser identificada com a análise do trabalho feito. As ferramentas para avaliar suas estatísticas e ajustar seu site, caso necessário, são muitas. É essencial saber se a abordagem SEO escolhida por você trouxe os resultados desejados.

 

Quer saber mais?

Se você estiver disposto a aprender mais e enfrentar SEO, os nossos próximos artigos da série poderão ser o seu guia:

  1. Noções básicas
  2. Começando: conteúdo do site, público-alvo, concorrentes e domínio
  3. Configurando site: título, descrição e palavras-chave
  4. Linkbuilding
  5. Conectando-se aos motores de busca
  6. Redes sociais e outros meios de divulgação do site
  7. Análise de dados: Saiba quem são seus visitantes
  8. Indexação Mobile-first

Você já conhece as práticas de SEO? Este artigo ajudou? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!